E-mails enviados via Sistema (ERP ou outro)

Como recebemos algumas questões sobre problemas de envios de emails via Sistema (como de um ERP ou outro) ao longo dos últimos anos, queremos pontuar as principais questões levantadas, para maiores esclarecimentos.

Cópia da mensagem nos Itens Enviados

Quando você manda um email via outlook ou celular (ou de outro programa de e-mail), ele se encarrega de salvar uma cópia desta mensagem na pasta “itens enviados” (às vezes chamada apenas de “Enviados” ou “Sent” ou outras variações) de modo que você possa consultar/rever a mensagem depois.

Porém ao enviar via sistema, como de um ERP, na grande maioria das vezes, ele apenas enviará o email sem salvar na pasta Itens Enviados. Para ele salvar, ele precisa ter acesso a conta via IMAP também e não apenas ao SMTP e isso não é o comum nos sistemas de mercado.

Caso você queira ter uma cópia desta mensagem e o suporte técnico de seu sistema informou que ele não faz a cópia por si só, recomendamos enviar para um endereço próprio também, assim você receberá a mensagem enviada podendo ter um backup/garantia que ela foi de fato enviada.

Note que apenas o gmail (até onde temos conhecimento) faz a cópia do email enviado via SMTP para a pasta “Itens enviados” via servidor, então qualquer email enviado via smtp do google, este vai parar nos itens enviados da conta, sem precisar do programa que fez o disparo se encarregar dessa tarefa. Para todos os demais SMTPs do mercado, a tarefa de copiar a mensagem para os itens enviados é do programa em uso.

Bloqueio ao SMTP para sistemas em Nuvem (Cloud)

Por motivos de segurança, IPs de Cloud como da Google Cloud, Amazon AWS, Oracle Cloud, Azure, OVH e dezenas de outras mais, são bloqueados para acesso ao nosso SMTP/IMAP/POP3.

Veja mais detalhes sobre isso e como pedir a liberação em https://specialist.srv.br/bloqueios-no-acesso-ao-email/ no item “IPs de Cloud ou Redes especiais”.

Erros nos Envios via Sistema

É bastante comum gerar o erro “fatal:_unable_to_parse_this_line:/To:xxxx” (no lugar de xxxx temos dois ou mais endereços de emails) em emails enviados via ERP ou sistemas proprietários.

Isso ocorre por um erro nestes sistemas que tentam enviar a mensagem com o “rcpt to” incorretamente, não seguindo as RFC do SMTP.

Para contornar isso altere em seu sistema para ele disparar o email para um ÚNICO ENDEREÇO e não para vários ao mesmo tempo. Veja que você pode criar um email que faça o redirecionamento para estes vários endereços, caso precisar que várias pessoas recebam essa mesma mensagem do sistema, contornando a falha.

Em termos técnicos, a formação de uma mensagem de email após estabelecer conexão ao servidor, contém, basicamente, os seguintes comandos:

Helo nome-do-servidor
mail from: <email do remetente>
rcpt to: <email do destinatario 1>
rcpt to: <email do destinatário 2, caso houver>
rcpt to: <email do destinatário 3, caso houver>
data
Subject: assunto do email
From: email do remetente novamente, este é o campo visual que aparece no seu programa de email, podendo conter o nome da pessoa entre aspas e o email posterior entre <>.
To: email do destinatário, podendo conter múltiplos endereços separados por vírgulas ou ponto e virgula por exemplo.
linha em branco
corpo do email
.

Porém existem ERP de mercado (famosos inclusive) que resolvem enviar o “rcpt to” como se fosse o “to”, que embora deva conter os mesmos endereços, a sintaxe é diferente, no “rcpt to” é um por linha/comando e no “to” deve ser colocado todos na mesma linha separados por vírgula.

Nossos servidores seguem as RFC rigorosamente e recusará emails que vierem em formato não padrão, mesmo sabendo que alguns concorrentes fazem um pré-filtro no SMTP a fim de arrumar isso.

Compartilhe isso:

Matérias relacionadas: