Por que eu preciso ficar atualizando meu site, se eu não alterei nenhuma informação nele?

Para explicar isso, vamos voltar no tempo um pouco.

Antigamente, quem fazia um site institucional para sua empresa ou negócio, fazia em html, flash, gif animado e outras ferramentas da época. Colocava no ar e pronto. Se a pessoa não precisasse alterar nenhuma informação nele, como telefone, email de contato, etc, ela (teoricamente) nunca precisaria mexer mais no site.

Porém, com a facilidade de soluções prontas como WordPress, Joomla, Drupal e dezenas de outras, ficou comum fazer esse mesmo site “institucional” com eles, oferecendo uma gama maior de opções de layout, facilidade de edição, etc.

Só que essas soluções utilizam linguagens de programação como o PHP, acessando banco de dados como o MySQL. Com isso mesmo que você não precise editar alguma informação no seu site, a solução usada (seja qual for, wordpress, joomla ou outro) PRECISA ser atualizada.

Com o tempo, vai sendo descoberto vulnerabilidades nelas e por serem mundialmente conhecidas e usadas, seu site fica sendo um possível alvo de atacantes que podem desfigura-lo ou até mesmo tentar roubar informações do servidor e até remover totalmente seu site do ar, perdendo todo seu conteúdo.

Além disso, como o próprio PHP é sempre atualizado, alterando muitas vezes alguma sintaxe ou comando, se seu site foi construido em cima de uma versão X e nunca foi atualizado, além do risco de invasão (como já informado) ele pode apresentar problemas com o decorrer do tempo, por conta das atualizações do próprio PHP.

Desta forma, nossa recomendação é sempre, mas SEMPRE mesmo, atualizar seu site para a última versão estável disponível. Por padrão, o próprio wordpress, joomla (e outros) fazem o update 100% automático, você só precisa “clicar” no atualizar, dentro do painel administrativo do mesmo. Note que quando você fez o site com seu webmaster, ele deve ter te passado um user/senha desse painel administrativo, talvez você nunca acessou pensando que só precisasse acessar para atterar algum conteúdo, mas na verdade você precisa acessar para clicar no update/atualizar dele, pelo menos uma vez ao mês. Assim, mesmo sem alteração “visível” nas páginas ou em seu conteúdo, a solução (usada por trás, transparente para o visitante) estará sempre atualizada.

Lembrando que os plugins usados também precisam de atualização. Na tela administrativa do WordPress por exemplo, ele mostrará os updates disponíveis, tanto para ele próprio como para os plugins utilizados. Faça update de TODOS.

Inclusive a recomendação de fazer atualização, além de ser universal (válida para qualquer hospedagem), ser recomendada pelo próprio fabricante (desenvolvedor do wordpress, joomla, etc) é item OBRIGATÓRIO na nossa hospedagem, conforme consta no contrato de hospedagem de sites.

Compartilhe isso:

Matérias relacionadas: